CICATRIZES E TUMORES DE PELE

Cicatrizes e tumores de pele

Cicatrizes são comuns em grande parte das pessoas, aparecendo por diversos motivos, desde acidentes a até excesso de gordura. Tumores de pele podem ser tanto benignos (como as famosas pintas) quanto malignos, como o câncer.

As cicatrizes podem ter crescimento exagerado formando os queloides, ocasionando dor e aparência estética desagradável. O tratamento pode ser cirúrgico, acompanhado de betaterapia (radioterapia local) ou com a injeção local de corticites, que reduzem o volume e a dor das lesões. Os queloides podem aparecer em cicatrizes de cirurgias, de acne ou de brincos e tatuagens. São mais comuns em pessoas com pele negra ou oriental, mas isto não é uma regra.

As lesões malignas ( câncer de pele) são mais comuns na face, e é necessária a retirada de uma margem de segurança ao redor, podendo exigir uma reconstrução da área utilizando retalhos de pele locais com cicatrizes um pouco mais extensas, mas que devolvem o volume e a função ao local atingido.

Por que é melhor?

  • Melhora a autoestima e a aparência estética do corpo
  • Previne crescimento de lesões malignas
  • Cirurgias realizadas com anestesia local.
  • Acompanhamento oncológico multidisciplinar.

Procedimentos