RECONSTRUÇÃO DE MAMA (ONCOPLÁSTICA)

Reconstrução de Mama (Oncoplástica)

A   Oncoplástica é a atuação em conjunto da cirurgia oncológica para remoção do tumor e da cirurgia plástica para reconstruir a mama no mesmo momento.  O tratamento cirúrgico do câncer pode ser desde a remoção total da mama ( mastectomia) ou de  uma região da mama quando o tumor é muito pequeno ( quadrantectomia) permitindo que a paciente fique livre do tumor e no mesmo momento já realize a plástica reconstrutora.

Nossa equipe, batizada como ONCOPLASTIKA é formada pelo cirurgião oncológico mastologista Dr Ermelino Becker  pelas cirurgiãs plásticas Dra Giovana Romano e Dra Fabíola Baras, que realizam o planejamento e as melhores técnicas para cada situação com carinho e atendimento humanizado.  Atuamos em parceria com renomadas Clínicas de  Quimioterapia, Radioterapia,  Nutrição e Fisioterapia, interagindo com os profissionais responsáveis pelos tratamentos complementares na cura do câncer.

Para a reconstrução, o cirurgião plástico deve avaliar aspectos como a forma da mama, localização do tumor e o volume mamário remanescente após a cirurgia oncológica, pois eles constituem fatores chave para a escolha da melhor técnica para cada paciente. Podem ser usados expansores teciduais, que serão substituídos por próteses mamárias após um determinado período ou em alguns casos próteses expansoras, que dispensam a troca de material e permitem que a correção da outra mama seja realizada mais brevemente para um resultado estético mais harmonioso.

As técnicas de reconstrução mamária utilizam próteses convencionais, próteses expansoras, retalhos musculares  do abdome ou do músculo Grande Dorsal, dependendo de cada caso. Para o refinamento estético da reconstrução utilizamos muito o preenchimento com gordura da própria paciente ( lipoenxertia) que proporciona um aspecto mais natural na mama reconstruída, preenche sulcos na axila e melhora o volume da mama e o aspecto da pele após radioterapia.

A Cirurgia Oncoplástica representa um novo conceito no tratamento multidisciplinar do Câncer de Mama, permitindo amenizar o trauma físico e emocional da perda da mama através da cirurgia plástica com melhora estética, funcional e aumento da autoestima da mulher.

Por que é melhor?

  • Tratamento cirúrgico multidisciplinar de Oncologia e Cirurgia Plástica
  • Remoção do tumor e reconstrução da mama no mesmo tempo cirúrgico.
  • Resultado estético mais harmonioso, recuperação funcional mais rápida
  • Refinamentos estéticos com lipoescultura, possibilitando aspecto mais natural da mama reconstruída.
  • Mais qualidade de vida e autoestima para a paciente.

Procedimentos